CarrosSlide

YangWang U9, o BYD elétrico com quatro motores

Compartilhe!

Em janeiro, a gigante chinesa BYD mostrou pela primeira vez e de maneira digital o super-esportivo YangWang U9. Agora a marca anunciou que a estreia do novo supercarro elétrico acontecerá no Salão Automóvel de Xangai em 18 de abril próximo. Até lá, já podemos ver as imagens da versão de produção (o carro amarelo) e, ao que parece, uma versão para pista (o carro arroxeado).

por Marcos Cesar SIlva

Por enquanto os detalhes conhecidos são poucos, mas em breve tudo será divulgado pela marca. Ao que parece, a empresa chinesa revelará não apenas novas especificações técnicas do YangWang U9, mas também seu preço e data de lançamento em seu mercado inicial, a China. Não parece que o modelo será vendido fora das fronteiras daquele país.

Nas recentes imagens oficiais, o YangWang U9 ostenta um atraente “pacote” de competição. Tem acabamento com detalhes em prateado, misturado com tons de azul claro e roxo. Até onde podemos ver, a aerodinâmica foi revisada com elementos mais destacados na carroceria. Na dianteira, observamos o spoiler redesenhado e novos gráficos em LED nos interessantes faróis.

Na traseira, o modelo de pista adiciona um enorme aerofólio no melhor estilo GT3, que não vemos no modelo de rua. Este é conectado à barbatana central e à vigia traseira ventilada. O conjunto é complementado pelas lanternas traseiras horizontais de largura total, com novos gráficos e refletores de LED, reposicionados para o agressivo difusor. Em relação ao modelo de produção, alguns detalhes também mudam.

Mas a melhor coisa do Yangwang U9 da BYD está escondido em suas entranhas. Lá repousa o sistema “Yisifang”, que compreende motores elétricos quádruplos. A potência máxima é de 1.100 cv e 128 mkgf de torque máximo. Graças a isso, é capaz de acelerar de zero a 100 km / h em alucinantes dois segundos; a marca adiantou a autonomia de 700 km com uma única carga.

Não faltam tecnologias sofisticadas para lidar com tanto torque e um avançado sistema de suspensão. O BYD DiSus System e os três sistemas que engloba conseguem atuar por meio das vertentes do amortecimento (DiSus-C), do sistema hidráulico (DiSus-P) ou do sistema pneumático (DiSus-A). Tudo com o objetivo de melhorar ao máximo a experiência de condução de uma nova geração de supercarros elétricos, tais como este YangWang U9.

Com todos estes controles trabalhando em perfeita sintonia, o sistema DiSus-X consegue criar um algoritmo de controle bastante complexo, mas, aparentemente, muito eficiente para os movimentos da carroceria.

E com um controlo quase perfeito de todos estes movimentos —verticais, laterais e longitudinais— o YangWang U9 até conseguiu entrar em um palco, como fez em Xangai. Dançando…


Compartilhe!
1714055919