Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

HYUNDAI EQUUS CHEGOU: R$ 320 MIL

Compartilhe!

Para disputar no segmento mais exigente do mercado, o grupo CAOA lançou um modelo com padrão de alto luxo, o Hyundai Equus. Projetado para atender consumidores exigentes, este veículo oferece aos ocupantes recursos que exploram ao máximo o conforto, segurança e desempenho, além de requinte e exclusividade, exigência desta categoria.

Para garantir padrão de alto luxo, a Hyundai cuidou bem de cada detalhe, desde o desenho exterior, passando pelo acabamento interno até chegar ao potente motor Tau 4.6V8 DOHC, de 366 cv a 6.500 rpm, acoplado ao câmbio automático de oito velocidades tipo Shiftronic. O motorista do Equus pode aproveitar todas as vantagens de um motor V8 high-tech, que tem duplo comando de válvulas variável na admissão e escapamento (D-CVVT), coletor de admissão variável (VIS) e controle eletrônico do acelerador (ETC).

O Hyundai Equus foi projetado para disputar mercado com os melhores sedãs de luxo do mundo, entre eles BMW 750i , Mercedes S500 e Lexus LS 460. O Equus foi concebido com altos padrões de segurança e  durabilidade, com baixos índices de ruídos e vibrações, e várias inovações tecnológicas.

Na dianteira, grade frontal cromada e faróis horizontais de xenônio HDI com sistema adaptativo em curvas, e lanternas e piscas com leds. As entradas de ar estão localizadas abaixo da grade frontal, sendo mais baixas, discretas e sem adornos. As rodas são de liga-leve cromadas aro 18, com pneus 245/45. Uma película a prova de som é utilizada em todos os vidros, para creduzir o nível de ruído. O ângulo dos retrovisores laterais é ajustado automaticamente quando o veículo está em marcha à ré. E para auxiliar nas manobras de estacionamento, câmeras frontais e traseiras integradas à carroceria. Na traseira, destaque para as amplas lanternas e as duas saídas de escapamento integradas ao pára-choque.

Para reforçar a qualidade sensorial do Equus, uma melodia é tocada quando o passageiro entra ou sai do carro. Com o sistema de fechamento elétrico das portas por sucção, não é preciso fazer força para fechar as portas. Uma vez na posição de fechamento, a trava puxa a porta automaticamente.

Entre os muitos detalhes para seduzir compradooes abonados, aquecimento do volante e dos bancos (sendo que os bancos podem ser arrefecidos também), console traseiro com frigobar e multimídia com Sistema de Informação ao Condutor (DIS), e cortinas com acionamento elétrico nos vidros traseiros e laterais.

O interior conta com bom espaço, e os volante, manopla de câmbio, bancos e painel são revestidos de camurça. Os bancos são costurados a mão e combinam bem com o acabamento em madeira. O painel de instrumentos -tipo Supervision 3D- é usado não apenas para melhorar o conforto do condutor, mas também para fornecer altos níveis em qualidade visual.

O banco traseiro do Equus tem configuração semelhante à de um jato executivo, com dois assentos confortáveis e separados por um console central. O assento do lado direito é a poltrona VIP, com ajustes eletrônicos e também com apoio reclinável (eletrônico) para as pernas. Funciona como uma verdadeira “cadeira executiva”, contando com massagem e funções de reclinagem variadas. Mas o recurso mais interessante é mesmo a capacidade de controlar a intensidade da massagem no monitor do banco traseiro. Já a mesa de madeira localizada no encosto do banco do passageiro, entrega aos ocupantes traseiros praticidade para leitura e execução de tarefas simples.

O sistema de som conta com 608W de potência e 17 alto-falantes. Este sistema também oferece tecnologia digital HD de rádio, entradas para iPod/USB e auxiliar, DVD e CD Changer para seis discos, com comandos no volante.

O Equus também está equipado com a suspensão a ar auto-ajustável eletronicamente com Controle Contínuo do Amortecimento (CDC), e para quem gosta de uma condução mais esportiva e mais estabilidade em curvas, há uma configuração esportiva.

O Equus estará disponível em todas as concessionárias da marca a partir desta semana nas cores preto, prata e branco. O modelo será vendido em uma única versão, com teto solar, a R$ 320 mil. O único senão é convencer alguém a gastar esse dinheiro num carro coreano, e não nos tradicionais modelos de luxo alemães.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español