Slide

Luxo elétrico: Hongqi eHS9 começou a invadir a Europa

Compartilhe!

Enquanto no Brasil algumas montadoras fazem lobby pesado e tentam convencer você de que carro elétrico ou híbrido é bobagem e que o etanol é o máximo que merecemos, no resto do mundo minimamente civilizado a situação é oposta. Quer um exemplo? Depois de alcançar o sucesso na Noruega, mercado onde teve suas vendas testadas, o chinês SUV chinês eHS9, da Hongqi começou sua expansão comercial para outros mercados europeus. O patamar desse modelo é tão alto que seu alvo são os modelos alemães de luxo, de marcas como Mercedes, Audi, BMW e Porsche, que geralmente capturam a atenção dos interessados que procuram um SUV elétrico de luxo ou um Tesla.

por Ricardo Caruso

O Hongqi e-HS9 já podia ser comprado na Holanda desde o final de janeiro e agora as entregas aos primeiros clientes começaram oficialmente. Não é um carro simples de vender, não por suas dimensões (mais de cinco metros) e nem pelo preço (mais de US$ 90.000), e sim por sua origem (China). Mas o estilo, capacidade técnica e acabamento primoroso ajudam na empreitada.

Nos Países Baixos (Bélgica, Holanda e Luxemburgo), o novo eHS9 é oferecido em três níveis de acabamento. A versão de entrada tem um motor de 436 cv que é combinado com uma bateria de 84 kWh de capacidade, com a qual são declarados 396 km de autonomia. Esta é a opção que começa em US$ 91 mil.

Para quem procura algo mais em termos de autonomia, é preciso subir um degrau e gastar US$ 114 mil na versão Executive, que aumenta a potência do seu motor para 551 cv. Neste caso, a bateria tem capacidade de 99 kWh e já permite percorrer 465 km com uma única carga. Se você quiser que ele chegue ainda mais longe, terá que optar pelo President, que custa US$ 113 mil.

Por enquanto, a Hongqi teve excelente aceitação na Noruega, oinde esgotou as primeiras 1000 unidades rapidamente, e parece que na Holanda também venderá muito bem, a julgar pelo volume de encomendas, que esgotou as primeiras 100 unidades. O Brasil não está nos planos da empresa, nem mesmo a longo prazo.


Compartilhe!
1721865717