Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

MÃOS AO ALTO: CHIPS NOS CARROS. E VOCÊ PAGA A CONTA

Compartilhe!

Prepare-se: a partir do ano que vem você vai ajudar o governo a lhe multar. No último dia 10 de agosto, o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) publicou a resolução de número 412 em seu site oficial, avisando que, a partir de janeiro de 2013, todos os veículos do Brasil serão obrigados a instalar um chip, dando início ao processo de uso do dispositivo de monitoramento da frota nacional.

Assim, é preciso destacar que: 1) 0 chip será instalado no pára-brisa dos carros e o valor (R$ 5) será pago –claro- pelo proprietário; 2) o governo terá que instalar antenas de monitoramento em todo o território nacional; 3) estas antenas irão ajudar a identificar carros com atraso de licenciamento ou rodando em local proibido, enviando as informações para os Detrans, e Polícias Rodoviária, Militar e Federal; e 4) ao receberem os dados, os policiais poderão identificar e localizar com maior facilidade o veículo e abordar o condutor.

A resolução prevê que, já a partir do começo do ano que vem, todos os modelos novos saiam das concessionárias com o chip instalado. Os veículos não vão escapar e irão seguir um cronograma estabelecido pelos Estados. E mais: a multa para quem for pego sem o chip instalado será de R$ 127,69, mais cinco pontos na Carteira de Habilitação e retenção do veículo.

Conhecido como Siniav, Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos, tem, segundo o governo, o objetivo de fiscalizar e reprimir furto e roubos de veículos e cargas no Brasil. Só entrará em vigor para valer no segundo semestre do ano que vem, quando o governo inicia o processo de instalação das antenas, fixas ou móveis, que serão colocadas em rodovias e nas cidades. O prazo para instalar o chip no seu carro termina em julho de 2014.

Traduzindo: em 2015, a frota de veículos no Brasil deverá chegar a 50 milhões. Com a criação do chip, a conta é simples: mais R$ 250 milhões nos cofres do governo. E pode apostar: no final as antenas serão instaladas apenas nas grandes cidades e principais estradas do País, servindo como mais um instrumento para colocar a mão no bolso do motorista. Vai ajudar apenas a multar mais…


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español