Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

MCLAREN P1 SERÁ HÍBRIDA DE 916 CV

Compartilhe!

m1

A McLaren continua  liberando informações do seu super-esportivo P1 aos poucos, antes da sua apresentação oficial ao público, que vai acontecer em Genebra. Depois de ter mostrado um protótipo no Salão de Paris, a McLaren vai levar ao evento da Suíça a versão final de produção , com os primeiros dados.

O novo McLaren P1 usa uma solução híbrida, sendo que o motor a gasolina é 3.8V8 biturbo, em conjunto com um motor elétrico, capaz de entrar potência máxima de 916 cv e torque de 90 mkgf. A aceleração de zero a 100 km/h é feita em menos de três segundos e bastam apenas 17s para alcançar os 300 km/h. A velocidade máxima está limitada eletronicamente em 350 km/h.

Mas há mais coisas interessantes neste P1. Graças ao sistema híbrido existente, o novo McLaren consegue ser conduzido apenas no modo elétrico e conta com autonomia de 20 km, o que segundo a McLaren é suficiente para circular, por exemplo, num centro de cidade -sem qualquer tipo de emissao de poluentes- jantar e regressar a casa. Isso na Europa, claro.

Com uma produção de apenas 375 unidades e preço em torno de US$ 2 milhões (antes dos impostos), o McLaren P1 vai certamente ser objeto de coleção em muitas garagens e mais um marco importante na história da marca, que o rotula como o “melhor carro de todos os tempos”. Por enquanto, ficam as primeiras fotos oficias da versão de produção.

m7 m6 m5 m4 m3 m2


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español