Morgan Super 3 mantém três rodas, e ganha motor Ford

Compartilhe!

Sucessor do clássico 3 Wheeler, o Morgan Super 3 mantém as três rodas como o antecessor, mas o motor agora não é mais exposto e passa a ser da Ford.

Morgan Super 3

Cerca de um ano depois de ter dado uma rejuvenescida no 3 Wheeler, a marca britânica voltou a apostar num modelo com apenas três rodas, e o resultado foi o Morgan Super 3.

O novo modelo compartilha com o antecessor o fato de contar somente com três rodas, mas o novo Super 3 deixou para trás outra das suas características mais marcantes: o motor deixou de estar lado de fora, visível, à frente do carrinho.

Morgan Super 3

O anterior motor V-Twin 2.0, um V2 usado em motocicletas, dá lugar a um três cilindros 1.5, aspirado, de origem Ford. É, na realidade, o mesmo bloco usado agora pelo Fiesta ST na Europa, mas sem turbo.

O resultado são 118 cv de potência e 15 mkgf de torque, máximos —mais 36 cv e 10 mkgf Nm que no 3 Wheeler— que são enviados à única roda traseira por meio de uma caixa de câmbio manual de cinco velocidades, vinda do Mazda MX-5, como acontecia no 3 Wheeler.

Morgan Super 3

Números que impulsionam os míseros 635 kg do Morgan Super 3 (110 kg mais pesado) até os 100 km/h em cerca de sete segundos, e até aos 209 km/h de velocidade máxima.

Motor ficou escondido

Como já dissemos, ao contrário do que acontecia no 3 Wheeler, o motor do Morgan Super 3 está na dianteira e debaixo do capô, como acontece com a grande maioria dos automóveis, contribuindo para uma aparência um pouco mais convencional, mas nem por isso menos impactante. É simpatia à primeira vista.

No quesito “visual”, e principalmente na dianteira, o Super 3 não esconde a inspiração no Morgan EV3, a versão elétrica do 3 Wheeler que nunca foi lançada. Na restante, a carroceria continua apresentando linhas que fazem referência à memória dos velhos aviões.

Morgan Super 3

Já no interior, as poucas concessões à tecnologia mais modrna são o painel de instrumentos digital e a hoje obrigatória tomada USB.

Tudo novo

Apesar do visual retrô, o Morgan Super 3 abriu mão de muitas das soluções antiquadas usadas pelo modelo anterior. Para começar, enquanto o 3 Wheeler recorria a uma estrutura “spaceframe”, o Super 3 conta com uma estrutura monobloco.

Morgan

Também é bem maior que o seu antecessor. O Super 3 é 32 cm mais comprido (3,58 m) e 10 cm mais largo (1,84 m) que o 3 Wheeler, prometendo melhores acomodações para os seus dois ocupantes.

A suspensão é totalmente nova, tendo sido redesenhada não só para reduzir o raio de giro como para melhorar o fluxo de ar para os radiadores e reduzir as massas não suspensas. Já os pneus foram feitos sob medida pela Avon.

Grandes e interessantes ambições

Já disponível para encomenda no Reino Unido e com preço que começa nos US$ 55 mil, o Morgan Super 3 começará a ser entregue em junho. Como já acontecia com o antecessor, a personalização será um dos argumentos de vendas fortes do modelo, com a Morgan a disponibilizar inúmeras opções.

A expectativa da marca britânica é de que este venha a ser o seu “best-seller”, vendendo o dobro do anterior, ficando com isso como um dos modelos com maior importância nas vendas da Morgan.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español