Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

NOVA RANGER ESTÁ CHEGANDO

Compartilhe!

Pickup mundial, já está à venda na Argentina.

Essa briga promete ser mesmo boa, repetindo o que acontece nos Estados Unidos há muitas décadas. As novas gereções das pickups Ford Ranger e Chevrolet S10 estão prontas. A nova S10 já está saindo do forno e será apresentada na semana que vem, e a Ford já tem pronta a sua nova Ranger. A Ford extraiu até a última gota da Ranger antiga, que sequer teve motor flex. A GM também foi à exaustão com a S1o. A S10 é global e será feita no Brasil, enquanto a também global Ranger virá da Argentina. Aliás, no país vizinho ela já está disponível nas concessionárias Ford, mas só deve chegar às ruas no final de maio. Mesmo assim, faz parte da estratégia de marketing da marca iniciar as pré-vendas.

A nova Ranger será vendida inicialmente apenas com cabine dupla, equipada com o motor 3.2 TDCi de 200 cv de potência máxima e 48 mkgf de torque máximo, garantindo o posto de mais potente da categoria. A S10 terá motores 2.4 flex de 147 cv e 2.8 turbodiesel de 180 cv, com 47,9 mkgf; como em pickup o que interessa é o torque, estão praticamente empatadas em força. A pergunta que não quer calar: e o motor flex? Na Argentina a Ranger terá duas versões: XLT (4×2 ou 4×4) e Limited (somente 4×4, câmbio manual ou automático).

Interior da versão australiana: tudo atual.

Em todas as versões, seis airbags como equipamento de série, e GPS acoplado ao painel na Limited, em tela de cinco polegadas. A S10 terá terá três versões e 12 configurações. No área de segurança, a Ranger terá airbags dianteiros, nas laterais dianteiras e de cortina para proteção da cabeça. Controles eletrônicos de estabilidade e tração e freios ABS estão presentes, além de controle de estabilidade de reboque, controle de carga adaptativo e sensor anticapotamento.

Pelo Mundo

Essa nova geração da Ford Ranger será um dos principais produtos da marca em todo mundo, e a montadora anunciou que o modelo será produzido em três continentes e vendido em mais de 180 mercados, sendo assim um dos produtos de maior abrangência da Ford.

A nova Ranger, a exemplo da S10, foi desenvolvida como veículo global. O desenho mudou bastante, ficando com aparência mais robusta e agressiva. Como a S10 nova, parece ser de categoria superior.  Por dentro ficou mais espaçosa e melhor acabada. Com distância entre-eixos de 3.220 mm, a Ranger ganhou também em capacidade de carga; a caçamba da cabine dupla tem comprimento de 1.549 mm, com altura de 511 mm, resultando em volume de carga de 1,21m³.

A Ford explicou que fez amplo trabalho de isolamento acústico na cabine, em busca de maior conforto. Os ocupantes irão contar com um “pacote” de mimos tecnológicos. No interior, pelo menos 20 porta-objetos, porta-luvas amplo para alojar um laptop e um compartimento sob o banco traseiro. O console tem espaço refrigerado pelo de ar-condicionado.

Preços

A S10 deverá custar entre R$ 65 mil e R$ 130 mil. Para a Ranger, os preços oferecidos na pré-venda argentina variam de R$ 76 mil a R$ 103 mil; no Brasil deverão estar um pouco acima disso, mas não poderão sair da média da nova S10. Resumindo: mais problemas para a VW Amarok, empacada em vendas, e concorrentes de peso para a Toyota Hilux.

Desenho bem resolvido e bom espaço de carga.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español