Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Oito novos elétricos que chegam às ruas em 2017

Compartilhe!

Coloque seu complexo de vira-latas em dia. Enquanto o mundo acelera -há tempos- carros elétricos e híbridos, aqui no Brasil o assunto ainda é tratado com espanto, como se fosse alguma obra de ficção científica. Quantos carros elétricos serão lançados no Brasil em 2017? Nenhum. Como está sendo tratada pelo governo federal a estrutura para carros elétricos? Não está. Como as montadoras estão tratando o assunto? Com a maior discrição possível.

electriccar

Prova de nosso atraso é que, ao longo de 2017, os veículos elétricos continuarão a ganhar mercado em comparação com os movidos a motores convencionais, impulsionados pela necessidade das marcas reduzirem os níveis médios de emissões das suas linhas, pelos programas de incentivos fiscais à compra de automóveis menos poluentes e pela ameaça cada vez maior de mais países proibirem as vendas de veículos com motores de combustão, já a partir da próxima década. Isso no mundo, não no Brasil.

Maior autonomia e menores tempos para as recargas continuarão a marcar a agenda da mobilidade verde, onde os pequenos carrinhos urbanos 100% elétricos conviverão com as soluções híbridas dos superesportivos e dos SUVs. AUTO&TÉCNICA mostra as principais novidades elétricas anunciadas para este ano.

 

Smart Electric Drive

  • Março-Abril / Nova motorização elétrica

Versões de motorização elétrica plug-in para a atual geração dos Smart Fortwo, Forfour e Cabrio. Apresentados no Salão de Paris, os novos Smart ED usam um propulsor de 81 cv, alimentado por uma bateria de ions de lítio com 17,6 kWh, e anunciam autonomia de até 160 km, cinco a mais que os modelos da geração anterior.

A marca garante que o tempo de carga das baterias é agora de apenas duas horas e meia numa tomada convencional e de 45 minutos num posto de carregamento rápido, cerca de 40% mais rápido que os Smart ED anteriores.

A velocidade máxima está limitada a 130 km/h e a aceleração de zero a 100 km/h é feita entre os 11,4 segundos do Fortwo e os 12,7 segundos do Forfour.

 

Hyundai Ioniq PHEV

  • Agosto / Nova motorização híbrida plug-in

Depois do híbrido e da versão 100% elétrica, a linha deste modelo familiar compacto da marca sul-coreana, rival direto do campeão de vendas da categoria, o Toyota Prius, será reforçada no final do primeiro trimestre, com a versão híbrida recarregável PHEV.

Alimentado por uma bateria de 28 kWh, o sistema híbrido do Ioniq PHEV tem como base um motor a gasolina 1.6, associado a um motor elétrico, que em conjunto lhe garantem potência total combinada de 141 cv.

 

Opel Ampera-e

  • Maio / Novo modelo

O novo Opel Ampera-e com autonomia superior a 500 km (valor inicial medido de acordo com o ciclo de testes NEDC) conta com baterias de ions de lítio com capacidade de 60 KWh, que permitem receber fazer recarga rápida em apenas 30 minutos a 50 kW, e com isso acrescentar autonomia extra de 150 km (também valor preliminar, medido pelo NEDC).

Com 5 lugares, o sistema propulsor deste novo subcompacto da Opel, de 4,17 metros de comprimento, tem 204 cv de potência.

 

VW e-Golf / VW Golf GTE

  • Maio / Novas motorizações 100% elétrica e híbrida plug-in

O e-Golf é a versão 100% elétrica do novo Golf, que recebeu atualização no final do ano passado. A bateria de 35,8 kWh garante 300 km de autonomia e potência de 136 cv. O GTE é a derivação plug-in híbrida

 

 

 

KIA Niro PHEV

  • Agosto / Novo modelo

Com os seus 4,35 metros de comprimento, o Niro é o novo SUV da marca sul coreana, posicionado logo abaixo do atual Sportage, e está disponível exclusivamente com a motorização híbrida, num sistema que combina um motor de 4 cilindros 1.6 com um motor elétrico, entregando a potência acumulada de 141 cv. Em meados do ano, uma versão híbrida recarregável plug-in PHEV, deverá reforçar a linha.

 

 

Toyota Prius PHEV

  • Março 2017 / Nova motorização híbrida plug-in

Esteticamente diferente do Prius híbrido não recarregável, esta versão plug-in PHEV combina o mesmo motor a gasolina 1.8 com um motor elétrico diretamente ligado às rodas dianteiras e alimentado por um conjunto de baterias de ions de lítio de 8,8 kWh, que garantem autonomia de 50 km e velocidade máxima de 90 km/h em modo 100% elétrico. A velocidade máxima em modo elétrico pode subir aos 130 Km/h graças ao apoio extra do gerador elétrico, que pode funcionar como propulsor adicional. Com consumo médio anunciado de 62,5 km/litro, o Prius consegue o melhor registo entre todos os híbridos plug-in PHEV do mercado

A bateria do Prius PHEV pode ser recarregada numa tomada normal elétrica doméstica ou num posto de carregamento rápido, neste caso reduzindo o tempo de carga para 20 minutos. O PHEV distingue-se do híbrido pela sua grade e pelos faróis dianteiros com LED e pelas luzes diurnas também por LED verticais nas extremidades do pára-choques.

 

Mitsubishi XR-PHEV

  • Março 2017 / Novo modelo

Apresentando como concept no Salão de Genebra de 2015, o XR manterá a aposta da marca japonesa e terá a versão plug-in PHEV.

A versão de série do XR, que será apresentada no Salão de Genebra, em março, deverá ter comprimento de 4,37 metros, o que o posicionará na categoria dos SUV/Crossovers compactos de cinco lugares, entre os atuais Mitsubishi ASX, um crossover subcompacto de 4,30 metros, e o Outlander, com os seus 4,66 metros e versões de sete lugares-.

 

Kia Optima SW PHEV

  • Outono / Nova motorização híbrida plug-in

A wagon do modelo familiar coreano passará a dispor, a partir de 2017, de uma já confirmada versão híbrida recarregável.

A Kia Optima SW PHEV terá o mesmo sistema do sedã, combinando um motor 2.0 a gasolina com um motor elétrico, que lhe assegura potência combinada de 205 cv.

 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español