Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Quem é a maior do mundo: Grupo VW ou Aliança Renault?

Compartilhe!

O Grupo Volkswagen soma as vendas da sua divisão de pesados (MAN e Scania) para superar em vendas a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, que é a número 1 em nível mundial dos veículos leves.

Foto: Renault

Com 10,76 milhões de veículos leves comerciais e de passageiros vendidos no ano passado, crescimento de 1,4%, a Aliança franco-japonesa reclama o primeiro lugar, somando os 5,65 milhões de unidades da Nissan e da sua divisão de luxo Infiniti, os 1,22 milhões de Mitsubishi e os 3,88 milhões do Grupo Renault (Renault, Dacia, Samsung e AutoVaz).

De acordo com os dados da Aliança, o Grupo VW vendeu 10,6 milhões de veículos leves, e a Toyota fica na 3ª posição, com 10,36 milhões. O Grupo Volkswagen, no entanto, soma as vendas da sua divisão de pesados (MAN e Scania) para atingir os 10,83 milhões de unidades, suplantando assim a Aliança. A Toyota (com Lexus, Daihatsu e os pesados da Hino, mantém-se no terceiro lugar do pódio, com 10,59 milhões de unidades vendidas ao longo de 2018.

A Renault vendeu em 2001 a sua divisão de pesados RVI à Volvo AB, que cinco anos depois adquiriu também a Nissan Diesel, que produzia os pesados da marca japonesa, deixando a Aliança fora deste segmento do mercado, até porque o terceiro elemento, a japonesa Mitusibishi, vendeu a Fuso à Daimler, em 2005. A divisão de ônibus Renault também foram vendidos em 2001 aos italianos da Iveco.

De acordo com as estimativas, a General Motors, que durante 70 anos e até 2007 foi líder incontestável do setor, mas que ainda não apresentou seus números de 2018, deverá segurar a quarta posição, â frente dos sul-coreanos da Hyundai-Kia, que totalizam 7,4 milhões entre ligeiros e pesados.

 


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *