Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Hidrogênio: Toyota libera suas patentes de células de combustível

Compartilhe!

A Toyota anunciou que vai disponibilizar, de forma gratuita, suas milhares de patentes ligadas à utilização de células de combustível com base no hidrogênio, com a esperança de acelerar o desenvolvimento desta tecnologia.

“A Toyota vai autorizar o uso sem licença do conjunto das suas 5.680 patentes sobre células de combustível”, afirmou o vice-presidente da Toyota US, Bob Carter, durante o Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas, Estados Unidos.

Toyota Mirai Fuel Cell Sedan

A decisão, com abrangência mundial, cobre as patentes sobre as próprias células, mas também as ligadas aos tanques dos veículos, ao software de controle ou às estações de serviço adequadas para o hidrogênio. “Na Toyota, acreditamos que quando as boas ideias são compartilhadas, grandes coisas podem acontecer”, acrescentou o executivo.

A marca prepara-se para lançar o seu primeiro modelo global alimentado a hidrogênio, o Mirai (na foto), que estará disponível no mercado por cerca de US$ 65 mil. Este sedã de quatro lugares promete autonomia de até 483 km. Poderá ser abastecido de hidrogénio em menos de cinco minutos. A pilha de células de combustível, com dois tanques de hidrogênio de alta pressão (700 bar) armazenados debaixo do piso, garantem potência máxima de 136 cv.

Os tanques de hidrogênio alimentam a célula de combustível que por sua vez abastecem o motor elétrico responsável pelo movimento das rodas dianteiras. As emissões resumem-se a vapor de água.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español