Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Top 12: carros “Made in Canadá”, que você queria ter na garagem

Compartilhe!

O mercado canadense é o segundo mais importante para as grandes marcas americanas, por causa da proximidade dos dois países. Por isso, ao longo dos anos, a General Motors, Chrysler e Ford criaram modelos específicos para aquele mercado, criando até mesmo marcas novas. AUTO&TÉCNICA traz 12 exemplos de automóveis muito interessantes, que só venderam no mercado canadense.

Acadian Invader

A Acadian foi uma marca lançada no Canadá em 1962 e era vendida nas concessionárias Pontiac. O Invader era basicamente um Chevrolet Chevy II/Nova com detalhes da Pontiac. Em 1968 o modelo foi redesenho, para se diferenciar ainda mais do Nova americano. Em 1971 chegou a versão esportiva SS, época em que a marca acabou e o modelo foi substituição pelo Pontiac Ventura. Em 1980 o nome Acadian voltou, para identificar o Chevrolet Chevette, vendido como Pontiac. O nome Acadian deriva de um grupo de origens francesas da colônia de Acádia, primeiro império da Mesopotânia.

Acadian Canso


O Canso era outro modelo da marca Acadian, vendido a partir de 1967. O nome Canso deriva de uma comunidade da Nova Escócia que se estabeleceu em 1604, tendo uma forte presença na história do Canadá.

Beaumont


O Beaumont começou como um modelo da Acadian, em 1962 e 1963, tornando-se posteriormente em marca própria, sendo um modelo semelhante ao Chevrolet Chevelle. Foi produzido até 1969 e era o modelo mais diferente do vendido pela Pontiac.

Frontenac


A Frontenac era também uma marca própria, criada pela Ford, para vender um automóvel com base no Falcon. Só foi produzida durante o ano de 1960, e os carros eram vendidos nos concessionários Mercury. O seu nome vem do soldado e governador da Nova França, Louis de Buade de Frontenac. A Nova França foi uma áea colonizada pela França no Canadá, onde hoje ficam as cidades de Quebec e Ontario.

Meteor Montcalm


Em 1949, a Ford Canadá decidiu criar a marca Meteor, para vender modelos Ford com qualidade Mercury nos concessionários Mercury. Alguns anos mais tarde, a Meteor tinha os seus modelos com desenhos específicos. O Montcalm era um modelo forte no portfólio da Meteor, lançado e 1959 e vendido -com as necessárias novas gerações- até 1976 tendo, durante um pequeno período, disponível a versão esportiva S33. O nome deriva de Louis-Joseph de Montcalm, comandante na Guerra dos Sete Anos contra os ingleses.

Meteor Rideau


O Rideau, lançado em 1954, era o top de linha da Meteor, até à chegada do Montcalm. “Rideau” significa cortina em francês, sendo também o nome derivado do Canal Rideau.

Meteor LeMoyne


O LeMoyne foi o modelo top da Meteor entre 1968 e 1970. O seu nome provém de Charles le Moyne de Longueuil et de Châteauguay, um colonizador de Nova França.

Monarch Richelieu


A Monarch foi outra marca criada pela Ford, especificamente para o Canadá, com os primeiros modelos desembarcando nos concessionários Ford em 1946. Utilizavam carrocerias Mercury, mas com um nível de equipamento ainda melhor. Esteve na ativa até 1957, época em que a Ford lançou a marca Edsel, e a Monarch desapareceu, para voltar novamente em 1959, descontinuada, novamente, em 1961. O modelo com maior sucesso da marca foi o Richelieu, disponível entre 1955 a 1961. O seu nome deriva de um afluente do rio Saint Lawrence.

Pontiac Laurentian

O Laurentian era o modelo de topo da Pontiac, até ser lançado o Parisienne. Foi lançado em 1953 e permaneceu no catálogo da marca até 1978. O nome deriva de Laurentian Highlands, em Quebec.

Pontiac Parisienne


O Pontiac Parisienne era uma mistura do Chevrolet Impala e do Pontiac Bonneville, sendo um modelo bem sucedido, juntando-se a ele pouco depois o Grand Parisienne e o Parisienne 2+2. Em 1982, o Parisienne voltou, com base no Chevrolet Caprice.

Dodge Mayfair


Tal como a General Motors e a Ford, a Chrysler também vendeu modelos específicos para o Canadá, mas sem criar marcas únicas ou nomes de origem canadense, nem referências à história daquele país. É o caso do Dodge Mayfair, nome específico para o mercado do Canadá.

Dodge Regent


O Dodge Regent também foi um nome utilizado somente no Canadá, assim como o Dodge Crusader. Em conjunto com o Mayfair, estes três modelos não eram na realidade automóveis da Dodge, mas sim da Plymouth, produzidos com a frente característica da Dodge. No final dos anos 1970, a Chrysler usou o nome Regente no Brasil.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *